terça-feira, 2 de maio de 2017

HOUVE UM TEMPO

Houve um tempo em que os dias eram  primaveras
de manhãs serenas,  matizadas de anis e  tardes azuis.
As nuvens, quando haviam, eram plácidas e  brancas
e a música que preenchia a alma vinha  das galáxias.

Houve um tempo em que os dias  eram azuis-turqueza,
e as histórias que eu  lia tinham sempre um desfecho bom.
Quando as narrativas saiam do script por mim desejado
eu as modificava, mentalmente, para o deleite do espírito.

Ouve um tempo em que os dias eram como girassóis
e a brisa que vinha da rua tinha uma aroma especial
Os pirilampos estavam presentes por toda a parte
e o arco-íris emoldurava o céu de cada dia.

Houve um tempo que ficou guardado no tempo,
 uma época em que tudo fluía lentamente,
entretanto a gente queria queimar etapas;
almejava ser adulto de uma vez



18 comentários:

  1. E o que é vivo desabrocha no deserto...



    abraço, Poeta!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Margoh, obrigado pela visita. Um abração. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  2. Um tempo de girassóis
    Que fazíamos lambanças
    E molhávamos lençóis
    Porque éramos crianças.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu amigo poeta Jair, obrigado pela visita poética. Um abração. Tenhas um ótimo dia.

      Eliminar
  3. "Houve um tempo que ficou guardado no tempo" e assim seguimos tentando recuperar este tempo bom e perdido, houve um tempo bom e existe um tempo bom de poesia, como esta, meu amigo Dilmar, que compartilhas conosco.
    ps. Carinho respeito e abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro amigo Jair Machado, obrigado pela gentileza e pelo carinho. Um abração. Tenhas um ótimo dia.

      Eliminar
  4. Querido amigo Dilmar, saudade, eis o nome, muitas vezes nos pegamos de volta no tempo, mas isso ficou mesmo lá, "houve um tempo", eu para poder continuar numa boa vou sempre em direção ao que há aqui e agora, nem tudo é bom, nem tudo é romântico, até nos dá a impressão de que nada nunca mais será bom como era antigamente!
    Mas tudo está no devido lugar, vamos indo sonhando e de vez em quando voltando lá atrás para recordar!
    Abraços apertados!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Ivone, apesar de tudo parecer mau, neste momento, mas, ainda assim, se estivermos conectados com o bem, certamente, sublimaremos, com alegria, a realidade.
      Um abração. Tenhas, sei que terás, um bom dia.

      Eliminar
  5. Esse tempo que nunca mais voltou,
    não se sabe por onde é que andará
    aquele tempo que para trás já ficou
    ouve um tempo, outro tempo agora há!

    Sim senhor gostei,
    neste mundo admirável
    falar do que não sei
    não será aconselhável!

    Tenha uma boa noite caro amigo poeta Dilmar, um abraço,
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro amigo poeta Eduardo, obrigado pela visita poética. Um abração daqui do sul do Brasil. Que o sol brilhe no Alentejo.

      Eliminar
  6. Que bonito poema. Como nos habituou.

    Beijinhos de boa noite

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo carinho, amiga Cidália. Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar
  7. Olá!! Vi o seu blog e gostei muito!! Que lindo poema, os tempos mudam e muito que desejamos reviver não volta mais!! Parabéns pelo blog.
    Tenha um mês excelente!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Vanessa. Que bom que gostaste deste modesto espaço. Volte sempre que desejar, pois este espaço pertence aos amigos. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um bom dia.

      Eliminar
  8. Houve um tempo que se transformou em saudades e que nosso coração quer recuperar.
    \um abraço.
    Élys.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É a saudade, meu caro amigo Élys. Obrigado pela visita. Um abraço daqui do sul. Tenhas um ótimo dia.

      Eliminar
  9. Oi, Dilmar!

    Só vejo belezas em seus versos!...
    Lembrou-me com carinho: "Que saudades que tenho... da minha infância querida!"

    Beijos =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo carinho, minha amiga Nadine. Um abração. Tenhas um lindo dia.

      Eliminar