terça-feira, 31 de maio de 2016

TUDO SE TRANSFORMA

É do conhecimento humano
que tudo se transforma
neste mundo.
Portanto, nada mais natural, porém,
 algumas transformações chocam
quando não acompanhamos
 a gradualidade das mesmas,
sobretudo as mudanças de pele,
o fenecer da beleza física,
a força imponderável da velhice
habitando a casa que outrora
foi morada do viço juvenil
Confuso, pensando nessas coisas
ao ver, outro dia, uma foto atual
da Senhora Brigitte Ane-Marie Bardot
perguntei-me: cadê a encantável BB?

quarta-feira, 25 de maio de 2016

NÃO QUIS DIZER QUE A VIDA IMITA A ARTE

Diz a tradição judaica
que a divindade mandou
o patriarca ir embora
procurar outro rumo,
sem olhar para trás,
porque aquela cidade
precisava ser destruída
por causa dos impios
que infestavam o pedaço
e o patriarca era o único
habitante justo no lugar.
Se a divindade andasse
nos dias que correm
a vasculhar os políticos
e muita gente boa
de um determinado país
ao sul da América
e quisesse adotar a medida
similar à do sermão,
certamente aqui não ficaria
pedra sobre pedra.

segunda-feira, 23 de maio de 2016

ENTÃO É OUTONO

Enquanto o inverno não vem
curtimos um outono atípico
de temperaturas bem abaixo
da média normal da estação
O inverno agora antencipado
enxotou o veranico de maio,
e aquele calorzinho esperado
por quem tem medo de frio
foi substituído sem  aviso
pelo vento lá da Argentina
que aqui dizemos Minuano.
Minuano, vento gelado e manhoso,
desfazendo os penteados da moças
e gelando os pescoço dos vaidosos
avessos aos cachecóis por vergonha
de passar por frouxos e menos guapos.
Mas o frio que não tem nada a ver com isso,
com certeza, fica dando risada da nossa cara.

quarta-feira, 18 de maio de 2016

PASSAGEM

Não sei se a planta
sabe que envelhece.
Talvez o animal saiba
que um dia parte desta
O homem sabe que morre,
mas via de regra não percebe
o transformar diário do móvel.
O homem vê o cão esclerosar,
a casa ficar velha, a companheira
submeter-se  à influência do  tempo,
mas ele que não tinha olhos para si,
de repente percebe que ficou velho.


segunda-feira, 16 de maio de 2016

FRIO

Segunda-feira fria e ventosa
alguém poderia achar ruim,
mas aqui no sul é diferente,
aqui o frio é a segunda pele.
Porto Alegre sob o frio,
nada mais natural.
Casacos, mantas, chapéus
desfilam com naturalidade
neste dia de meio de maio
a um mês antes do inverno,
o qual pela mostra promete












sexta-feira, 13 de maio de 2016

SEXTA-FEIRA, 13

Disseram-me hoje pela manhã
para eu ficar muito ligado
com as coisas à minha volta
porque é sexta-feira, treze.
Por via das dúvidas,
miro o provérbio espanhol:
"yo no creo en   bruxas,
pero que las hay, las hay".

Cuidado ao atravessar a rua
para não ser atropelado pela inflação.
Cuidado com os canais televisivos
que não querem que eu leia nada,
sobretudo a rede Globo
querendo empurrar suas novelas
o dia inteiro, todo o dia.
Cuidando também com os canais esportivos
transmitindo futebol padrão "full-time"
Cuidado com o  Bill Gates
querendo sabotar meus miolos.
Cuidado com a indústria automotiva
que não quer que eu ande a pé
Cuidado com a realidade brasileira
que não quer que eu sonhe...


terça-feira, 10 de maio de 2016

O CHAPÉU

Olhando para trás,
lá no começo da estrada,
surgem lembranças
de coisas vividas ou pensadas,
tipo aquela cronica de jornal
lida no Correio do Povo
há uns cinquenta anos:
"Em consequência da poluição
todos os homens serão carecas
no início do século vinte e um!
Meu pai, que já naquela época
pouco cabelo possuía, zombava:
é um problema solucionável,
através de um chá infalível!
- mas que chá é esse, perguntei.
- ora, ora; o velho CHÁ-PÉU!



sexta-feira, 6 de maio de 2016

TRIÂNGULOS

Minha atração pelos números
foi embora nos primeiros anos
quando as figuras geométricas
ocuparam  o espaço imaginário.
Mas o namoro com a geometria
também arrefeceu com o  tempo.
Polígonos, quadrados, retângulos
acabaram perdendo o  encanto,
porém sobrou  o triângulo...
Triângulo, trilátero; um mistério
mexendo com as mentes de Euclides,
Pitágoras, Pascal...
Nada entendo  de triângulos,
mas os nomes, as definições,
são poéticas....
Triângulos equiláteros, isósceles,
 escalenos; triângulos acutângulos.
os senos, os cossenos, os catetos,
a hipotenusa, a bissetriz...
Ângulos rasos, agudos, obtusos,
complementares, suplementares,
adjacentes...tudo muito poético.





quarta-feira, 4 de maio de 2016

CIDADE DOS SONHOS, TU AINDA EXISTE?

Gosto das cidades pequenas
com casas brancas pitadas
das ruas limpas, singelas,
com flores nas calçadas

Gosto das cidades tímidas
com suas alamedas e ruelas
das pessoas ao fim da tarde
olhando o mundo pela janela

Gosto das cidades distantes
da esperteza de toda a parte
onde  ainda reina a cortesia
e a amizade é moeda de troca

Gosto das cidades simples
onde quase nada acontece
talvez eu ainda viva assim
talvez em outra existência.

segunda-feira, 2 de maio de 2016

PERVERSÃO

Bom seria que a pexa
que sempre utilizamos
para autodenominarmos
"povo bom e hospitaleiro"
fosse realidade...
entretanto, a perversidade
anda solta....
hajam vistas alguns
números estatísticos
alarmantes:
uma pessoa assassinada
a cada nove minutos;
um roubo de automóvel
a cada dez minutos;
uma mulher agredida
a cada cinco minutos...