quinta-feira, 28 de abril de 2016

INVERNO PRECOCE

Regularidade climática
não é premissa neste país
de rupturas bruscas
em que as estações,
por tantas vezes,
invadem o  espaço
umas das outras.
É abril, mas o inverno
adentrou na casa do outono,
trazendo consigo todos
os instrumentos de trabalho
 É engraçado, alguns viventes
xingando o inverno prematuro,
ente que provavelmente ignora
a própria existência.




terça-feira, 26 de abril de 2016

CONTRASSENSO

Apesar da evolução tecnológica
atingida  nas últimas décadas
a moral não andou pari  passu
Sob à égide dos valores espúrios,
o tintilar das moedas  falsas
e a tentativa de subversão semântica,
há um sofista em cada esquina,
jogando palavras vazias ao vento.
Vivesse Sócrates aqui, agora,
o príncipe da busca da verdade,
tomaria sicuta, mas por vergonha
do cinismo  prevaricante.

sábado, 23 de abril de 2016

PEDALANDO

Do alto da minha falta de saber
pensava que o Supremo T. Federal
fosse o órgão máxima da justiça
em terras tupiniquins, entretanto,
a Senhora Presidente da república
se diz intérprete e guardiã da lei.
Então, a nossa nobre presidente
defenestrou do livro dos códigos
o artigo 36 da Lei de Responsabilidade Fiscal,
porque este define que pedalada fiscal é crime.
Daí a afirmação solene de Sua Excelência:
"Não cometi nenhuma falta grave"


sexta-feira, 22 de abril de 2016

ESTADO DE ESPÍRITO

O que define genericamente
os arquétipos alegria e tristeza
senão o estado de espírito
experimentado pelo vivente
pelas veredas da  travessia
num determinado momento?


segunda-feira, 18 de abril de 2016

SE CORRER O BICHO PEGA, SE FICAR O BICHO COME!

Abacateiro produz abacates
Dinheiro não dá em árvore
Vaca bipolar não dá leite
Políticos não vêm da lua.
Acho que não há solução
para os problema criados
pela camarilha raivosa
que governava até ontem.
O presente é nebuloso,
 o poço mostra o fundo
outra camarilha sucede
a troupe  que desgovernava
Sai o farrapo entra o roto
e tudo continua como dantes
no quartel de Abrantes.
Apesar da troca de turno
trocaram apenas os nomes
porque a turma da safadeza
continuará a roer o osso.
Mas a esperança não morre
talvez num futuro distante
em todos estado federativos
criem-se repúblicas de Curitiba
e os "Moros" não fiquem de mão atadas.
Mas nada acontece por acaso
e por hora é o que temos.
Talvez nas próximas existências
encontremos a casa menos suja.


quarta-feira, 13 de abril de 2016

MAS, BAH!

Eu sou um cara esquecido,
que mal lembra das coisas
que aconteceram ontem.
O que ainda guardo
são pedaços de sonhos
gestados nas madrugadas.
O último foi engraçado,
melhor, surreal, fabuloso,
deixou-me feliz no sono
e desassossegado depois,
inquietando-me até agora.
Então era um país parecido
com o nosso, com gente
parecida conosco, agindo
de forma diferente...
Não havia chave na portas
das casas desse povo
nem trancas nos carros
nem grades nem muros
nem cercas nem tapumes
e não havia presídios
nem polícia nem roubo
nem normas nem lei
porque não havia desordem,
mas como sou esquecido
deslembro o nome do lugar.



segunda-feira, 11 de abril de 2016

FIM

Por que eleger o fim
em detrimento do meio?
por que o amanhã
é mais importante  que o hoje?
por que sacralizar sexta-feira
e excomungar a segunda?
A humanidade corre
pelo fim do dia,
pelo fim de semana,
pelo fim do mês,
pelo fim do ano,
entretanto, todos querem
frear o fim da vida.


sexta-feira, 8 de abril de 2016

AONDE FORAM PARAR NOSSAS COISAS?

Outro dia, em meio a um papo, com
componentes da minha faixa etária,
um garotinho entrou, perguntando:
de que  mundo vocês vêm?
Boaquiabertos,  nos entreolhamos,
 sem atinar nenhuma resposta.
Quando, por fim, nos recobramos
o menino já  andava longe
porque falávamos de coisas
estúpidas aos ouvidos juvenis,
ferramentas  agora descartáveis
que alicerçaram nossa formação.
A velocidade febril transformadora
das tralhas tecnológica das últimas décadas
dão psicologicamente aos anos 50, 60 e 70
uma conotação arcaica e inútil...



quarta-feira, 6 de abril de 2016

GOLPE?

A primeira mandatária geral
esbravejou altissonante:
Não haverá golpe!
Cara Senhora Presidente,
Vossa excelência é autora
do golpe perpetrado contra
nós, cidadãos brasileiros,
porque nos desgoverna
tal qual todos vossos
antecessores, mestres
na arte de dissimular..




segunda-feira, 4 de abril de 2016

E O MUNDO NÃO ACABOU

Era alto verão de 1962,
eu tinha pouco mais de 10 dez anos,
li  no "Correio do Povo":
Cientista hindu diz que o mundo vai acabar,
com certeza, ainda neste mês de fevereiro,
porque os planetas ficarão alinhados com a terra
e um choque de proporção absurda será inevitável...

Meu pai me tranquilizava:
guri, isso é besteira,
fosse um estudioso americano,
inglês, francês ou russo, vá lá,
até se poderia considerar, mas
em se tratando de pesquisador
de um país do terceiro mundo...

Minha vó, que era meio religiosa,
teve a ideia de reunir a família
e vizinhos para rezar um terço
ou então encomendar uma missa,
mas decidiu por uma janta no dia
anterior à pretensa catástrofe
sob esta justificativa:
se a coisa acabar mesmo,
a gente não morre  com fome!