terça-feira, 29 de setembro de 2015

JOGO

Já falei  por vezes neste modesto espaço
que quando distraídos em pensamentos
desalinhados em relação à dialética
 dissemos ao léu  que a vida se parece
com um jogo de cartas programadas
para o jogador entrar pelo cano
Mas se perdemos, quem ganha?
Neste caso não haverá vencedores
porque se perdemos ou ganharmos
sempre será em relação a nós mesmos!

sábado, 26 de setembro de 2015

CARLOS SEVERO

O jovem Carlos Severo surpreendeu os incrédulos
que apostam na sistemática degradação moral,
defensores da tese: " O homem é o lobo do homem".

Dizem os pessimistas, aqui e acolá, que a doença
contemporânea da falta de caráter e honestidade
já se transformou em epidemia endêmica e incurável.

Impossível ignorar o quadro de enfermidade geral,
deturpador da consciência dos pacientes instáveis,
que primam pelos caminhos escuros da existência.

Entretanto, erro seria generalizar comportamentos,
lembremos, pois, de um dos vários motes do velho
Nelson Rodrigues: "Toda a unanimidade é burra".

Chegamos, no jovem porto-alegrense,  Carlos Severo,
o qual através de uma  atitude  desapegada e solidária
nos mostra que é possível e salutar caminhar na via reta.



quinta-feira, 24 de setembro de 2015

AS CORES

Eu aprendi que a cor dos cabelos era
preto, branco, castanho, loiro, ruivo,
grisalho, albino, dourado...
Que os olhos eram escuros, castanhos,
claros, mel, da cor do mar...
Mas isso faz tanto tempo,
porque agora existe cabelo azul,
vermelho, amarelo, abacate...
Também criaram as lentes
que produzem olhos transgênicos.

terça-feira, 22 de setembro de 2015

JUVENTUDE


Lembro-me das manhãs de setembro
embaladas na voz da cantora  Vanusa;
 havia sol, havia o perfume inebriante
das flores coloridas daquelas primaveras,
 havia garoa, chuva, neblina naqueles dias,
e não tinha importância porque éramos felizes
éramos felizes e nem sabíamos quer éramos,
 porque talvez a felicidade seja isso mesmo:
uma coisa sem nome, uma leveza de alma,
um estado de espírito entrelaçado  com a
juventude, estação  luz da nossa existência.

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

O MUNDO DENTRO DO MUNDO

somos   um pedaço do mundo,
compostos de átomos e moléculas
comuns ao sistema galático
Não somos um mundo paralelo
como por vezes se nos parece,
mas um mundo dentro do universo.
Não somos um corpo estranho
girando em volta da cauda,
à revelia das leis cósmicas.
Somos receptores/transmissores
da energia que propulsiona
o sol, a lua, as estrelas...

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

MATANÇA

A frieza de determinadas almas
impressiona-me sobremaneira.
Parece inverossímel que  haja
indivíduos gélidos, perversos
matando gente  assim por nada
hajam vistas o número de abates
registrado nos últimos meses.
Aqui na região metropolitana
houve mais de mil homicidios
desde janeiro de dois mil e quinze,
números que já não impressionam
porque estamos nos acostumando
a conviver com a guerra civil.





terça-feira, 15 de setembro de 2015

A PROFUNDIDADE DA MENSAGEM AINDA NÃO COMPRRENDIDA

A toda a hora lemos ou  ouvimos
notícias  de mais uma seita na praça,
 propagando o conteúdo  Crístico.

Todo o dia é construído um templo
para a adoração do filho de Deus
entretanto ele é avesso à idolatria.

Jesus  nunca pediu que o aplaudissem,
pelo contrário; foi claro, cristalino,
quando disse: amem uns aos outros.

Cristo não pregou nos templos,
 mas parabolava na viela, na praça,
na rua, na praia, na montanha.

O Mestre nunca falou para  filosofar,
politicar, propagandear, elocubrar.
Disse apenas: transmitam a boa nova.


domingo, 13 de setembro de 2015

IDENTIDADE

Quando pensávamos que o inverno
havia abdicado do seu governo
fomos surpreendido nesta semana
com o retorno das temperaturas baixas.

No momento em que  frio se despede
carregando suas tralhas para outra parte
nós, sulistas, deste país continente,
ficamos com a sensação de excluídos.

Embora, às vezes, pareça ruim
a chuva fria, a geada, o vento
a estética do frio é a nossa marca
identifica o nosso jeito de ser.

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

SUICÍDIOS

O contingente de suicidas tem aumentado sobremaneira
apesar das surradas campanhas (entre aspas) em prol da vida
ao mesmo tempo em que indivíduos de vontade frouxa
são sistematicamente induzidos ao suicídio através da morte lenta.

Em boa hora foram abolidos comerciais de tabaco
que insfestavam as grades televisivas do mundo
entretanto proliferaram os espaços comprados
para convecer os incautos ao consumo do álcool.

De que adianta órgãos governamentais promoverem
campanhas (tímidas) contra as drogas proibidas
enquanto, distraidamente, fecham as pálpebras
e abrem as janelas  do cartel das drogas lícitas?


terça-feira, 8 de setembro de 2015

A PRIMAVERA ANTECIPADA

Este ano a primavera veio em agosto
colorindo as praças e ruas da cidade
como há muito tempo a gente não via.

Nestes tempos de climas alterados
adaptemos- nos ao cardápio do momento,
melhor curtir, sem culpa, o que a casa oferece.

O Ipê lilás que o povo chama de Ipê Roxo
nunca esteve tão lilás como neste ano,
o abre-alas desta primavera precoce.

Talvez as flores murchem em setembro
Talvez o verão se perca no mar do Caribe
e ai teremos flores até as bandas de janeiro...

sábado, 5 de setembro de 2015

IDEOLOGIA

Lembro-me de que no passado, ao tempo
da guerra fria e também da famigerada
ditadura tupiniquim, dita revolução,
cobrava-se a ideologia de todo mundo,
e todas, ou quase todas, cabeças pensantes
proclamavam-se de esquerda até a morte.
Alguns admiradores da direita,
envergonhados desse sentimento
porque reacionário, fora de moda,
mentiam, se passando por esquerdistas
ou diziam que estavam em cima do muro...
Havia um radicalismo fora de propósito
da parte de alguns militantes alucinados,
sectários fanáticos de Stalin, Kruschev,
Mao, Fidel, Che, Gramsci, Prestes,
na observância de tolices, tais como
nunca andar pelas calçadas direitas das ruas...


quinta-feira, 3 de setembro de 2015

BENDITO PIRIGEU

Os filhos do Tio Sam, por demais soberbos,
enciumados com o dito popular
instalado  na língua portuguesa:
"A lua é dos namorados"
procuraram mudar a escrita:
a lua é nossa, fato indubitável
porque lá fincamos nossa bandeira.

Mas nem tudo está perdido
para os enamorados do mundo,
que, nunca, jamais  irão ao planeta lunar,
pois não é que a estrela lua, apaixonada
pela energia dos amantes, navegou
no "Pirigeu" para se aproximar da terra


terça-feira, 1 de setembro de 2015

E A VACA FOI PARA O BREJO

Após décadas de erros administrativos
o tesouro do nosso estado  - RS -quebrou.
Governantes passados contraíram dívidas
a longo prazo, mas esqueceram de pagar
as parcelas dos compromisso acumulados.
Agora, com o caixa falido, a porca torceu o rabo
e o governador parcelou os salários dos servidores
O executivo pede compreensão, paciência:
que os empregados públicos estaduais
empurrem as contas pessoais privadas,
que deem calotes, passem algumas fomes...
e ECONOMIZEM, só não disse como economizar,
aliás, com os bolsos vazios fica fácil fazer economia,
digamos, assim economiza-se de forma compulsória...


 -